Projeto Cidade Linda é criticado por grafiteiros

O projeto do ex-prefeito João Doria é visto de forma negativa pelos grafiteiros.

Por Natalia Duarte

Instituído desde o primeiro dia de mandato do então prefeito de São Paulo, João Doria, o projeto Cidade Linda tem como objetivo revitalizar áreas degradadas da cidade. Uma das ações mais criticadas e que gerou muita polêmica foi a ordem para apagar diversos grafites pintados em vários pontos na cidade, o mais conhecido localizado ao longo da avenida 23 de maio .

Grafite: uma arte demarcada?

Uma das propostas do Cidade Linda seria limitar o grafite a determinadas áreas. Bruno Vargas é designer gráfico e grafiteiro desde 2014, ele conta que “o grafite na essência sempre foi praticado sem a necessidade de uma autorização prévia, sempre esteve livre nas ruas da cidade, e querer demarcar territórios específicos não faz o menor sentido”. Bruno acredita que “Doria não estava nem um pouco preocupado com a beleza da cidade, estava apenas pensando na repercussão que todas aquelas declarações fervorosas e aparições gerariam”.

Bruno Vargas e seu projeto Amar. Foto por Acsa Freire.

Veja a seguir um vídeo onde Bruno mostra sua arte e comenta um pouco mais sobre o Projeto Cidade Linda:

Projeto Cidade Linda não consegue mudar a natureza do grafite

Há mais de um ano, após o início do projeto, entre polêmicas e discussões, os grafiteiros mantêm suas opiniões muito coerentes. Para Karen Fidelis, “o projeto não altera a força e o DNA do grafite”.

Divulgação: Karen Kueia

O ex-prefeito afirma que os paulistanos não querem e não gostam de pichações e grafites espalhados pela cidade. Foi encaminhado por Doria um projeto de lei à Câmara Municipal de São Paulo para quintuplicar o valor da multa aos grafiteiros e pichadores que não respeitarem as normas do projeto Cidade Linda.

O grafiteiro Stan Bellini também acredita que o projeto do ex-prefeito não interfere em nada no grafite em São Paulo. “Cidade Linda não mudou em nada nossa arte, o prefeito quis tentar interferir, mas não conseguiu. O grafite está nas ruas e sabemos que sempre haverá o risco de ser apagado.”

O projeto atualmente está paralisado desde fevereiro de 2018,  após o Ministério Público entrar com uma ação civil pública contra o prefeito proibindo de usar a marca, ou qualquer outro slogan que não seja o brasão e a bandeira oficiais, assim definidos  na lei orgânica do município de São Paulo. No último dia (27), o ex-prefeito foi multado a pagar 10 salários mínimos e entrará com o recurso cabível. O atual prefeito, Bruno Covas, ocupa o cargo desde o afastamento de João Doria, em abril deste ano, que abandonou o mandato para concorrer nas eleições ao governo do estado de São Paulo.

 

Fotografia de Acsa Freire; Mídias de Vanessa Linhares; Pauta de Leandra Tarraga; Revisão de Janaína Melo e Edição de Stefanie Oliveira.

2 comentários em “Projeto Cidade Linda é criticado por grafiteiros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *