Centro de Treinamento Olímpico do Ibirapuera e os preparativos para Tóquio 2020

Por Murilo Otavio / Pablo Sobral

O Centro de Treinamento Olímpico (CTO), localizado na zona sul da capital paulista, oferece rotinas de treinos intensos, com horários contraturnos de acordo com os estudos. São jovens de 7 a 17 anos que ingressam através de uma seletiva e desenvolvem desempenho de alto rendimento com treinos específicos, professores especializados, acompanhamento médico e assistência social.

O Centro abrange dez diferentes modalidades: futebol e handebol apenas na modalidade feminina, basquete, voleibol, atletismo, natação, ginástica artística, luta olímpica, boxe e judô, todos nas modalidades masculina e feminina.  Sua principal característica é a formação de atletas para alto rendimento. O jovem, uma vez identificado como um talento potencial, recebe treinamento particular, com objetivo de ingressar em competições nacionais e internacionais

Segundo o diretor de modalidades esportivas de alto rendimento, Sidnei Castro, o suporte financeiro em sua maior parte vem da prefeitura, a partir da pasta de Esportes e Lazer, que destina uma verba para os recursos e manutenção do treinamento, transporte e alimentação dos jovens. “A prefeitura dispõe de recursos para o termo de colaboração feito através de uma associação desportiva, é uma entidade civil, sem fins lucrativos, que pode fazer a logística de participação desses atletas junto à federação e participar de competições.”

 

Professora de ginástica artística desde 2012, Beatriz Camargo treina a atleta Cristal Bezerra, de 14 anos, e logo que identificou seu talento passou a acompanhá-la de perto para promover o desenvolvimento individual. “A Cristal participou de uma das minhas primeiras equipes. Com 10 anos, ela ingressou na primeira seleção de sua categoria etária. Começamos um trabalho visando a seleção nacional e isso foi acontecendo até chegar no dia de hoje.” A cada três semanas. a atleta e a professora vão ao Rio de Janeiro para se juntar à equipe no Centro de Treinamento da seleção de ginástica artística.

Mais próximo do que parece  

Faltam 485 dias para a abertura das Olimpíadas de 2020 em Tóquio. Isso significa que todos os esportistas têm esse prazo de preparação para conseguir vaga em suas modalidades.

Cristal, entre outros jovens e adultos, é uma das esperanças do Brasil para ganhar uma medalha na ginástica, categoria em que o país já se destacou quatro vezes. Abaixo, um gráfico com o ranking de medalhas em cada categoria.

 

Feito por Regiane Gomes/ https://www.nexojornal.com.br/grafico/2016/08/22/As-medalhas-do-Brasil-por-esporte.-E-um-ranking-proporcional

MURILLO OTÁVIO Pauteiro/,Fotógrafo
PABLO SOBRAL  Redator /Editor Chefe
REGIANE GOMES S DE AZEVEDO Repórter

2 comentários em “Centro de Treinamento Olímpico do Ibirapuera e os preparativos para Tóquio 2020

  • março 27, 2019 em 3:20 pm
    Permalink

    Gostei muito pena que estou com medo de alguns jovens que frequentam lá e usam drogas, mas vou buscar ir sempre nesses lugares com segurança

    Resposta
  • março 28, 2019 em 12:37 pm
    Permalink

    Amei o trabalho simplesmente lindo bravo

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *