Atenção à saúde mental dos internos da Fundação CASA contribui para a reabilitação completa dos jovens

Os 69 internos da unidade João do Pulo, da Fundação CASA, recebem acompanhamento médico de diversas especialidades por meio da Unidade de Atenção Integral à Saúde do Adolescente (UAISA). Essas unidades contam com ambulatórios de assistência básica aos adolescentes e dispõem de consultório odontológico, sala de enfermagem, sala de procedimentos, consultórios médicos e psicológicos para atendimento dos garotos durante o período em que estiverem cumprindo o regime de internação.

Ao entrar na Fundação, os jovens passam essencialmente por três fases de avaliação. A primeira delas é a triagem com o auxiliar de enfermagem, na qual serão detectados sintomas ou se o garoto já faz uso de medicamentos. Na segunda etapa, um membro da equipe de enfermagem entrevista o adolescente com a intenção de constatar suas necessidades imediatas. E a terceira fase consiste no atendimento com o clínico geral, em que serão encaminhados para outras especialidades, caso necessário.

A diretora de saúde da UAISA Vila Maria, Valéria Ramos, relatou que a assistência à saúde é parte fundamental da medida socioeducativa pela qual os jovens passam, já que o acompanhamento psicossocial é feito pelo menos uma vez por semana. Os garotos participam de sessões de psicoterapia breve e, se identificado algum problema, recebem atendimento com maior cuidado.

A reabilitação completa dos adolescentes passa pela atenção à saúde mental de cada um deles. A unidade João do Pulo tem apenas quatro jovens reincidentes e, de acordo com a diretora, o cuidado com o psicológico contribui muito para que esse número seja tão baixo. “A Fundação é o momento para o jovem parar, refletir e melhorar”, afirmou. Ela relatou, ainda, que o cuidado voltado aos internos não é oferecido apenas através da saúde. A educação e a segurança também são princípios empregados dentro das unidades do CASA.

Para receber a equipe da AUN, foram utilizadas normas da Fundação, que incluíram a revista da repórter, o uso de avental para entrar nas dependências da unidade e o impedimento da entrada do celular para gravação. Também foram vetadas as entrevistas com os jovens.

Repórter/Redatora: Juliana Ferreira

Fotógrafa: Juliana Ferreira

Pauteiras: Ana Vitória Bispo/Stephanny Gonçalves

Editora: Karina Abel

Revisor: Adnael Nogueira

2 comentários em “Atenção à saúde mental dos internos da Fundação CASA contribui para a reabilitação completa dos jovens

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *