Avenida Paulista recebe a maior exposição ao ar livre da América Latina

 

Desde o dia 9 de maio, a Avenida Paulista, localizada no centro da cidade de São Paulo, está recebendo a exposição “Quarta Revolução Industrial”, promovida pela União Geral dos Trabalhadores (UGT), que mostra obras relacionadas ao mundo do trabalho em referência ao dia 1º de Maio. A mostra expõe 30 painéis de 12m² ao longo de um quilômetro da ciclovia da principal avenida de São Paulo. A exposição será vista por 5 milhões de pessoas, sendo já considerada a maior ao ar livre da América Latina. As imagens produzidas nos painéis são dos artistas Carla Caffé e Guto Lacaz.

As pinturas fazem referência ao trabalho e à mulher.

As obras de Guto Lacaz têm um ar lúdico para tratar da Automatização dos trabalhos nas fábricas. O próprio artista brinca com isso em seus desenhos em exposição. Já Carla Caffé, por sua vez, trabalha numa espécie de timeline com olhar feminino e foca na participação da mão de obra das mulheres no mercado de trabalho, desde a escravidão aos dias de hoje. “É uma exposição bem interessante, que valoriza tanto o trabalhador quanto as mulheres na sociedade”, opina Késia Camargo, ciclista que passava pelo local.

As obras podem ser apreciadas por todos que transitam pela avenida: pedestres, ciclistas e motoristas.

As imagens trazem reflexões sobre os processos históricos gerados nas três Revoluções Industriais até o momento atual do trabalho. A quarta Revolução Industrial mostra que as empresas querem fazer as automatizações das fábricas, levando para um processo de independência da mão-de-obra humana. A sociedade tem que priorizar essa nova relação entre pessoas e robôs, seus dilemas éticos e sociais. Essa é a discussão que a UGT traz para a Avenida Paulista. A própria União informa que não se trata apenas de um evento para comemorar o dia do trabalho, e sim um alerta de um tema tão importante para a sociedade. A Quarta Revolução Industrial ficará na ciclovia da Avenida Paulista até o dia 9 de junho.

Todas as 15 obras em ordem cronológica

Ítalo Bruno de Jesus Miyahara – Revisor
Lucas Eduardo Sampaio Profeta – Redes Sociais e Fotografia
Luiz Augusto Soares de Camargo – Editor
Marcos Júnior da Silva Martins – Pauteiro
Victor Hugo Granjeia – Planejamento multimídia e Redes sociais
Yan Fernandes de Souza – Repórter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *