Museus gratuitos oferecem programação para toda a família

Maior museu da América Latina, o MAC, localizado no Ibirapuera, abre oportunidades de conhecimento para crianças, jovens e adultos, com exposições inovadoras.

Por Jeniffer Alves e Camila Alves

Museu é um espaço de conexão entre ciência, cultura e sociedade, cujas funções essenciais são informar e educar por meio de exposições. Através de fotos, documentos, obras artísticas, instrumentos e jornais, os museus são reflexo do desenvolvimento da nossa sociedade e um meio importante para a preservação da cultura do país. Segundo uma pesquisa realizada em 2018 pela Rede Nossa São Paulo e pelo IBOPE Inteligência,  24% dos paulistanos não frequentam nenhuma atividade cultural na cidade e cerca de um quarto, de 16 anos ou mais, nunca frequentou nenhuma atividade cultural na cidade de São Paulo. Entre os que não vão a nenhum ambiente cultural, 36% recebem até dois salários mínimos. As atividades avaliadas na pesquisa foram cinema, centros culturais, shows, museus, teatros e bibliotecas. Os dados mostram que para 41% das pessoas o preço é o fator mais determinante para frequentar essas atividades. Outro aspecto levado em consideração é a localização, pois 20% dos entrevistados disseram que a proximidade de casa leva a frequentar mais ou menos determinados equipamentos culturais.

O Museu da Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC), além de oferecer grandes obras, também é gratuito. Considerado o maior da América Latina, está ligado à história da primeira coleção especializada em arte moderna. O museu está situado na Avenida Pedro Álvares Cabral, Vila Mariana, em frente ao Parque Ibirapuera. Segundo Antônio Silva, funcionário representativo do MAC, grande parte dos frequentadores do parque não conhece o museu, mas o fato de permanecer aberto de terça a domingo e não ser pago, aumentou o número de visitantes.  “Eu não conhecia o museu, até que a exposição do Gato me chamou atenção, percebi que aqui tem muitas obras bonitas”, contou Fernando Pereira, que estava a passeio com sua família.

O assessor de imprensa do Museu, Sérgio Miranda, explica que quando uma obra está em exposição em um a instituição paga não há possibilidade de entrar para um museu gratuito. Ainda assim, é possível conhecer o acervo da maioria dos museus de São Paulo sem gastar nada com isso, pois eles geralmente promovem um dia de gratuidade.

No caso do MAC, o objetivo é aproximar a população das obras de arte e de todo o seu acervo. Para isso, são criados programas de acolhimento para o público que não possui o hábito de frequentar museus. Além do Gato, obra de 30 metros criada por Nina Pandolfo, há outras exposições interativas, como o Jardim dos Filósofos e Além, criada pelo artista italiano Simon Benetton. Ele possui uma instalação em metal e, ao pisar na chapa, as estruturam emitem sons, fazendo com que as pessoas reflitam sobre a relação com o espaço e a natureza.  “Tudo isso é oferecido aqui e está disponível gratuitamente, para que todos possam ter a mesma oportunidade de conhecimento”, concluiu o assessor.

Sérgio Miranda é assessor de imprensa do MAC  Foto: Jeniffer Alves

 

Museus que oferecem dias com entrada gratuita em São Paulo

Museu da Imagem e do Som (MIS): aberto de terça a domingo. Seu horário de funcionamento é das 10h às 20h, sendo gratuito apenas nas terças feiras.

Museu de Arte de São Paulo (MASP): aberto de terça a domingo. Seu horário de funcionamento é das 10h às 18h, exceto de terça feira. Fecha às 20h.

Museu de Futebol: das 9h às 17h, o museu é gratuito às quintas e aos domingos (até o dia 7 de Julho)

Museu da Arte Moderna de São Paulo (MAM): às segundas feiras o museu é fechado. A gratuidade ocorre aos sábados.  Seu horário de funcionamento é das 10h às 18h.

 Museu Catavento:  Gratuito às terças-feiras. No restante da semana, cobra 10 reais pela inteira e 5 reais a meia-entrada. Às segundas, o museu não abre. Seu horário de funcionamento é das 9h às 16h.

 Museu Afro Brasil:  gratuito aos sábados, o museu permanece fechado às segundas. O museu permanece aberto das 10h às 17h.

 

Infográfico: Camila Alves
Camila Alves: Revisora e Redatora
Karine Gomes: Editora
Marianne Silva: Editora
Thailize Oliveira: Pauteira e Editora
Jeniffer Alves: Repórter, Redatora e Fotógrafa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *