EMTU testa tecnologia Contactless nos pagamentos de passagem

Por: Alisson Bruno e Carolina Fernandes

Revisão: Lucas Kalebe

Na segunda-feira (17/10) a linha intermunicipal 376 – Terminal Diadema/Brooklin da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), foi escolhida para iniciar o projeto-piloto de pagamento de passagem de ônibus com cartão de crédito, débito e pré-pago. As máquinas que aceitam os cartões já foram instaladas em 10 ônibus desta linha.

De acordo com a EMTU, os aparelhos contam com a tecnologia por aproximação, conhecida como Contactless (sem contato). As vantagens deste tipo de tecnologia são o tempo de validação mais rápido e a alta durabilidade tanto do cartão quanto das leitoras, os usuários não precisam fornecer a senha do cartão, apenas o aproximam da máquina e a catraca é liberada.

Para os passageiros que quiserem fazer o uso desta opção de pagamento, é necessário solicitar ao banco emissor a liberação do serviço, o cartão deve possuir a tecnologia especifica Contactless – para identificá-los, é preciso verificar se há três antenas desenhadas na frente do produto, um símbolo semelhante ao do sinal de Wi-Fi.

A Autopass, empresa de tecnologia, investiu R$ 36 milhões no projeto, com o intuito de que os cidadãos não tenham que fazer fila para carregar o bilhete de transporte e possam fazer o uso do próprio cartão que utilizam nas compras para entrarem no metrô ou nos ônibus. A MasterCard, que é parceira no projeto, tem planos de emitir nos próximos meses cerca de 1 milhão de cartões com o serviço.

O projeto passará por uma análise após os primeiros 30 dias de operação. Em janeiro a tecnologia deve chegar a outras linhas da capital paulista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X

Pin It on Pinterest

X