Os monstrinhos: Cuidado ao capturar para não ser capturado

Por: Caroline Santos

Com os monstrinhos virtuais, a Niantic (Desenvolvedora do jogo) ganhou espaço no mundo e recentemente, no Brasil. Com o lançamento de Pokémon Go, a principal proposta é fazer o jogador conhecer  sua região com o objetivo de completar a Pokedéx, capturar e treinar os 151 pokémons existentes e vencer os duelos nos ginásios. Com o sucesso do jogo, algumas pessoas relatam que estão mais animadas para sair de casa e que isso está ajudando a interagir com a sociedade. “Antes eu só ficava em casa e não saia muito, depois que comecei a jogar Pokémon GO, eu sai do sedentarismo e comecei a conhecer pessoas novas.” diz Bernardo Alcantara, morador da região de Guaianazes. Entretanto, muitos casos de acidentes, principalmente atropelamentos  já foram registrados desde o primeiro dia do lançamento no Brasil. Isso causou tanta repercussão que a Niantic lançou uma nota pedindo para que os usuários do aplicativo joguem com atenção e que sempre verifiquem se a região na qual estão usando aplicativo é segura e se não há ladrões caçando os “mestres” para capturar seus respectivos celulares, pois muitos casos de roubos também já foram registrados pela Polícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X

Pin It on Pinterest

X